Facebook Pixel Fallback

Vestibular Digital



Tempo para conclusão:

Proposta

A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema "O mau uso da internet e os crimes virtuais", apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos.

 

Instruções:

* Sua Redação deverá ter entre 2000 e 3000 caracteres;

* Dê um título ao seu texto, sem repetir o tema;

* Não copie trechos dos textos motivadores (as ideias podem ser utilizadas, contanto que não exista a cópia);

* Textos que forem identificados como plágio serão desclassificados.

Texto 01

O que são Crimes Virtuais?

Os crimes virtuais são condutas ilegais praticadas por pessoas que se utilizam os meios digitais de comunicação e acesso à informação para aplicarem seus golpes. Geralmente, aplicando fraudes, estelionato e vazamento de informações.

(...)

Mais pessoas a cada dia têm acesso a computadores, tablets, celulares e uma infinidade de dispositivos que possuem a capacidade de se conectar a redes sociais através da internet. Segundo o jornal Estadão, o facebook já contabiliza aproximadamente 2,07 bilhões de usuários ao redor do mundo.

(...)

Além das redes, os internautas também realizam compras online, fazem transações bancárias, além de contratação dos mais variados serviços (assinaturas, streams de mídia e outros), navegação em sites e blogs, jogos e diversas outras finalidades.

Esse crescimento exponencial de usuários na web tem trazido consigo uma quantidade cada vez maior de pessoas mal intencionadas que procuram tirar proveito das informações divulgadas, ou roubando informações privadas, dos internautas.

(Disponível em: https://dicionariodireito.com.br/crimes-virtuais Acesso em 05/10/2020)

 

Texto 02

A perigosa relação entre o homem e a tecnologia

Por Aristóteles Lima Santana

Uma curiosa foto circula no Facebook. Ela mostra John Lennon e Che Guevara juntos tocando violão em um estúdio. Nenhuma biografia de um ou de outro registra tal encontro, o que nos autoriza a afirmar que é uma falsificação. A manipulação de imagens é uma prática antiga, mas a internet e os diversos programas de computador elevaram suas possibilidades. Posso colocar um post no Facebook mostrando Lênin com seu celular ou Getúlio Vargas manipulando um iPhone. Este tipo de imagem já existe aos montes nas redes sociais e tem intenções humorísticas, obviamente, mas a manipulação de imagens eleva a possibilidade da calúnia, da difamação e pode levar a crimes.

É preciso que se entenda que não vivemos propriamente uma época de expansão do conhecimento, mas da informação. O conhecimento acontece quando pegamos as informações e as analisamos de forma crítica e o que menos temos hoje é análise crítica, principalmente nas redes sociais. Com o declínio do hábito da leitura, o conhecimento crítico sofre uma decadência que, infelizmente, é mundial. As massas que recebem as informações estão cada vez menos preparadas para processá-las em seus cérebros. É preciso observar também que a quantidade extraordinária dessas informações faz com que a seleção que um indivíduo possa fazer delas fique muito difícil. A velocidade com que chegam, sua enorme quantidade e o declínio do senso crítico são pontos perigosos nesta relação entre o homem e a tecnologia de informação.

(...)

Reforçar o senso crítico

(...)

Este "admirável mundo novo" que adentramos a partir do surgimento da internet precisa ser acompanhado de um fortalecimento do hábito da leitura. É a única forma de reforçar o senso crítico das massas. A escola deve ter um papel fundamental neste processo. Se isso não acontecer correremos o risco de no futuro vivermos ao lado de pessoas que darão crédito a qualquer imagem e outras que não darão crédito a nenhuma.

(Disponível em: http://observatoriodaimprensa.com.br/e-noticias/_ed748_a_perigosa_relacao_entre_o_homem_e_a_tecnologia/ Acesso em 05/10/2020)


Tempo para conclusão: