Facebook Pixel Fallback

Em estudo inédito, alunos do curso de Nutrição realizam avaliações e mapeiam hábitos alimentares dos colaboradores da FIB

A pesquisa é conduzida pela profa. Fabiane Valentini Francisqueti e por estudantes do 4º ano, dentro da disciplina de estágio de Nutrição Social.




Por Selma Miranda


Desde o mês de abril, o curso de Nutrição das Faculdades Integradas de Bauru (FIB) promove um estudo inédito junto aos colaboradores da instituição.

A pesquisa é conduzida pela professora Fabiane Valentini Francisqueti e por alunos do 4º ano, dentro da disciplina de estágio de Nutrição Social.

Nas últimas quatro semanas, foi realizada a avaliação do estado nutricional e a avaliação antropométrica (que incluiu peso, altura, cálculo do Índice de Massa Corporal, circunferência abdominal, circunferência do pescoço e prega cutânea do tríceps) dos funcionários do período da manhã da FIB. Além disso, foi aplicado um Questionário de Frequência Alimentar (QFA) para avaliar o consumo de certos grupos alimentares.

Até o momento, foram avaliados 30 indivíduos. Os dados de IMC mostraram que 23,3% estão em condição de normalidade (eutrofia),  20% estão em condição de pré-obesidade, 53,3% estão obesos e 0,33%  em condição de magreza. Quanto à circunferência abdominal (marcador isolado de risco cardiovascular), 30% estão com valores normais e 70% apresentam valores indicativos de risco cardiovascular.

Após análise dos dados, os alunos fizeram o diagnóstico nutricional e elaboraram orientações individualizadas de acordo com as necessidades de cada um.

Sobre a importância dos funcionários, e demais pessoas, refletirem sobre seus hábitos alimentares, a profa. Fabiane explica que o consumo alimentar tem papel fundamental na manutenção da saúde, colaborando para o peso adequado e para prevenir doenças. "O consumo inadequado de frutas, verduras e legumes e o consumo excessivo de alimentos industrializados e/ou ricos em açúcar, gorduras, sódio são condições associadas à manifestação de diversas doenças, incluindo obesidade, hipertensão, etc. Para os que já apresentam comorbidades,  os hábitos alimentares têm papel crucial no controle da doença", explica Fabiane.

"A atividade dessa pesquisa foi fundamental também para os alunos de Nutrição aplicarem na prática as medidas de avaliação antropométrica e de consumo alimentar", destaca Fabiane. "Serviu ainda para que vivenciassem a avaliação nutricional de grupos populacionais específicos, no caso, os funcionários, durante o período do estágio", complementa a docente.

No dia 19 de maio, foi finalizada a primeira fase do estudo. As etapas seguintes serão avaliar os funcionários dos demais turnos e estabelecer as possíveis intervenções de acordo com os dados obtidos.


→Conheça o curso de Nutrição da FIB.

 

 



Galeria de fotos





Notícias FIB

Cursos

Ver todas
(14) 99771-0058 (GRADUAÇÃO)
(14) 99775-7636 (PÓS-GRADUAÇÃO)
(14) 99602-0940
(14) 99785-3416
R. José Santiago, Quadra 15, Bauru - SP, 17056-120
FIB Bauru © 2021 - Todos os direitos reservados