Facebook Pixel Fallback

Alunos de Enfermagem da FIB produzem vídeo criativo sobre o HPV

O material teve como objetivo conscientizar crianças e adolescentes sobre a importância da vacina contra a infecção.




Por Selma Miranda


Os alunos do 3° ano do curso de Enfermagem das Faculdades Integradas de Bauru (FIB) produziram, neste mês de maio, um vídeo didático criativo sobre o HPV, voltado para alunos de ensino fundamental.

A produção, de quase três minutos, utiliza elementos lúdicos, como desenhos e lettering,  para explicar o que é o HPV e a importância das meninas e meninos tomaram a vacina contra a infecção. No final do vídeo, os alunos de Enfermagem cantam uma paródia da música Batom de Cereja,  da dupla sertaneja de Israel e Rodolffo.

A atividade ocorreu dentro da disciplina de Saúde da Mulher e foi supervisionada pela profa. Lidia Regina Cabello. “Pensamos em uma  música que se tornou modinha para chamar a atenção das crianças e adolescentes sobre o tema do HPV e a importância da vacinação, já que a vacina abrange a  maioria da faixa etária desses alunos”, explica a professora.

O vídeo foi elaborado para estudantes do ensino fundamental da escola Criarte e foi exibido, de forma remota, na disciplina de Biologia.

“Essa atividade foi importante por permitir aos alunos de Enfermagem desenvolver novas habilidades e atuar na promoção da saúde por meio do desenvolvimento de material didático”, destaca Lidia.


→Conheça o curso de Enfermagem da FIB.


Assista ao vídeo abaixo:

 

 Sobre o HPV

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o HPV (sigla em inglês para Papilomavírus Humano) é um vírus que infecta pele ou mucosas (oral, genital ou anal), tanto de homens quanto de mulheres, provocando verrugas anogenitais (região genital e no ânus) e câncer, a depender do tipo de vírus. A infecção pelo HPV é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST).

A infecção pelo HPV não apresenta sintomas na maioria das pessoas. Em alguns casos, o HPV pode ficar latente de meses a anos, sem manifestar sinais (visíveis a olho nu), ou apresentar manifestações subclínicas (não visíveis a olho nu).

A diminuição da resistência do organismo pode desencadear a multiplicação do HPV e, consequentemente, provocar o aparecimento de lesões. A maioria das infecções em mulheres (sobretudo em adolescentes) tem resolução espontânea, pelo próprio organismo,  em um período aproximado de até 24 meses.

O MS destaca também que a vacina contra o HPV é a medida mais eficaz para prevenção contra a infeção. A vacina é distribuída gratuitamente pelo SUS e é indicada para: meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos; pessoas que vivem com HIV e pessoas transplantadas na faixa etária de 9 a 26 anos.

     Alunos do 3º ano de Enfermagem criaram vídeo para alunos do ensino fundamental.






Notícias FIB

Cursos

Ver todas
(14) 99771-0058 (GRADUAÇÃO)
(14) 99775-7636 (PÓS-GRADUAÇÃO)
(14) 99602-0940
(14) 99785-3416
R. José Santiago, Quadra 15, Bauru - SP, 17056-120
FIB Bauru © 2021 - Todos os direitos reservados