Ciência da Computação Graduação





Diferenciais do curso

– Laboratórios climatizados com computadores e equipamentos adequados para a vivência prática;
– Moderna infraestrutura de ensino, mantendo a biblioteca com as referências bibliográficas atualizadas.
– Professores com larga experiência de mercado e acadêmica.
– As disciplinas oferecidas estão alinhadas com as expectativas do mercado.
– Número elevado de alunos no mercado de trabalho e realizando estágio na área de computação através das iniciativas de parcerias com empresas de Bauru e região pela coordenação de estágio.
– Preparação para o mercado de Desenvolvimento de Jogos e Automação de Residências, etc.

Mensalidades

R$ 791,00

(Valor da mensalidade com desconto de pontualidade . A data de vencimento do boleto é opção do aluno. O valor de tabela do curso é de R$ 1.210,90)

R$ 740,00

(Valor da mensalidade com desconto de pontualidade + convênio. Este desconto é destinado para alunos que trabalham em organizações conveniadas com a faculdade e para alunos que habitam fora da cidade de Bauru, de forma que auxilie o aluno no transporte até a faculdade)

INFORMAÇÕES SOBRE A PROFISSÃO

O profissional formado em Ciência da Computação tem o objetivo de melhorar a qualidade e produtividade das empresas, e das pessoas de um modo geral.
O cientista da computação cuida do planejamento, coordenação e execução das atividades relacionadas a todas as etapas dos sistemas computacionais.
Ele visa contribuir na evolução do conhecimento científico e tecnológico na avaliação, especificação e desenvolvimento de processos, métodos, aplicativos e sistemas computacionais.

ATIVIDADES DO CURSO

– Aulas teóricas e práticas dentro do campus;
– Visitas Técnicas
– Iniciação científica
– Projetos e cursos de extensão realizados pela própria faculdade
– Encontros anuais do curso
– Participação em feira e eventos
– Grupos de Estudos Técnicos, tais como: Desenvolvimento de Games, Automação Residencial com Arduíno, etc.

CORPO DOCENTE

Prof. Clemilton Luís Bassetto
Prof. Ronaldo César Dametto
si@fibbauru.br


Dr. Fábio César Bovolenta

Dra. Marisa Sormani Bastos-Marques

Me. Alexandre Galvani

Me. Anderson Aparecido da Silva

Me. Andre Marcelo Farina

Me. Carlos Eduardo Rossi Cubas da Silva

Me Claudines Taveira Torres

Me. Clemilton Luís Bassetto

Me. Leandro Luis Pauro

Ma. Maria Lucia de Azevedo

Me. Marco Aurelio Migliorini Antunes

Me. Miguel José das Neves

Me. Richeland Pinto Medeiros

Esp. Ivan Leal Morales

Esp. Ronaldo César Dametto

GRADE CURRICULAR


1º Semestre

Algoritmo e Técnicas de Programação – 144 horas
Sistemas Operacionais I – 72 horas
Arquitetura de Computadores I – 72 horas
Matemática – 72  horas
Programa de Estudos de Integração I – 72 horas

2º Semestre

Linguagem de Programação I – 72 horas
Sistemas Operacionais II – 36 horas
Lógica Digital – 36 horas
Arquitetura de Computadores II – 36 horas
Técnicas de Comunicação e Expressão – 36 horas
Álgebra Linear – 36 horas
Banco de Dados I – 72 horas
Engenharia de Software I – 36 horas
Programa de Estudos de Integração II – 72 horas

3º Semestre

Estatística – 72 horas
Programação Linear – 36 horas
Linguagem de Programação II – 72 horas
Banco de Dados II – 72 horas
Redes I – 72 horas
Engenharia de Software II – 36 horas
Programa de Integração Social I – 72 horas

4º Semestre

Cálculo Diferencial e Integral I – 72 horas
Engenharia de Software III – 72 horas
Redes II – 72 horas
Linguagem de Programação III – 72
Estrutura de Dados – 72 horas
Programa de Integração Social II – 72 horas

5º Semestre

Linguagem de Programação IV – 72 horas
Inteligência Artificial – 72 horas
Planejamento e Gerenciamento de TI – 72 horas
Estrutura de Dados II – 36 horas
Programação Orientada a Objetos I – 72 horas
Cálculo Diferencial e Integral II – 36 horas
Projeto de Extensão I – 72 horas

6º Semestre

Linguagem de Programação V – 72 horas
Cálculo Numérico – 36 horas
Programação Orientada a Objetos II – 72 horas
Segurança em Sistemas de Informação – 72 horas
Tópicos Avançados em Banco de Dados - 72 horas
Tópicos Avançados em Engenharia de Software - 36 horas
Métodos e Técnicas de Pesquisa – 36 horas
Projeto de Extensão II – 72 horas

7º Semestre

Projeto I – 36 horas
Tópicos em Automação I  – 36 horas
Tópicos Avançados em Redes de Computadores I - 72 horas
Disciplina Optativa I – 36 horas
Tópicos Avançados de Banco de Dados – 72 horas
Computação Gráfica – 72 horas
Qualidade de Software – 36 horas
Programa de Apoio à Pesquisa I – 72 horas

8º Semestre

Projeto II – 72 horas
Compiladores – 72 horas
Tópicos em Automação II – 36 horas
Disciplina Optativa II – 36 horas
Legislação e Ética Profissional – 36 horas
Ciência de Dados II – 72 horas
Tópicos Avançados em Redes de Computadores I - 72 horas
Programa de Apoio à Pesquisa II – 72 horas

ESTÁGIOS

Estágio supervisionado – 300 horas
Para a integralização curricular o aluno do curso de bacharelado em CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO deverá cumprir ainda 100 horas de atividades complementares.

Resumo das Atividades e da Carga Horária Máxima

Disciplinas – 2880 horas
Estágio supervisionado – 300 horas
Atividades complementares – 100 horas
Total – 3280 horas

Disciplinas Optativas I e II

Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS – 36 horas
Meio Ambiente – 36 horas
Responsabilidade Social – 36 horas
Liderança e Empreendedorismo – 36 horas
Tópicos Especiais I – 36 horas
Tópicos Especiais II – 36 horas

Vestibular 2017 | Provas agendadas

Inscreva-se agora

PROGRAMAS DE BOLSAS E FINANCIAMENTO:

Atualmente, a FIB trabalha com as bolsas do Prouni e Escola da Família. Uma outra opção, é o FIES.


FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) destinado à concessão de financiamento a estudantes regularmente matriculados em cursos superiores presenciais não gratuitos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.


Podem solicitar o financiamento os estudantes de cursos presenciais de graduação não gratuitos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), oferecidos por instituições de ensino superior participantes do Programa, e que atendam as demais exigência estabelecidas nas normas do FIES para essa finalidade.


É vedada a inscrição no FIES a estudante:

– que já tenham concluído um ensino superior;
– cuja matrícula acadêmica esteja em situação de trancamento geral de disciplinas no momento da inscrição;
– que já tenha sido beneficiado com financiamento do FIES;
– inadimplente com o Programa de Crédito Educativo (PCE/CREDUC);
– cujo percentual de comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita seja inferior a 20% (vinte por cento);
– cuja renda familiar mensal bruta seja superior a 2,5 salários mínimos.

Os estudantes que concluíram o ensino médio a partir do ano letivo de 2010 e queiram solicitar o FIES, deverão ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2010 ou ano posterior, de forma que tenha obtido avaliação superior a 450 pontos e não ter zerado a redação.


Estarão isentos da exigência do ENEM os professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes do quadro de pessoal permanente de instituição pública, regularmente matriculados em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Para tanto, será exigido, mediante apresentação à CPSA, o original de declaração ou documento equivalente, expedido, conforme o caso, pela Secretaria de Educação do Estado, do Distrito Federal, do Município ou por escola federal, comprovando a condição de professor do quadro de pessoal permanente da rede pública de ensino da educação básica, em efetivo exercício do magistério.


Os estudantes que por ocasião da inscrição ao FIES informarem data de conclusão do ensino médio anterior ao ano de 2010, deverão comprovar essa condição perante à CPSA, apresentando diploma, certificado ou documento equivalente de conclusão do ensino médio expedido pela instituição de ensino competente.
A taxa efetiva de juros do FIES é de 6,4% ao ano para todos os cursos.

Para mais informações, acesse o site do programa: http://sisfiesportal.mec.gov.br/index.html

ProUni

O ProUni é um programa do Ministério da Educação que concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Podem participar:


– Estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola;
– Estudantes com deficiência;
– Professores da rede pública de ensino do quadro permanente que concorrerem a cursos de licenciatura, nesse caso não é necessário comprovar renda.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Já para as bolsas parciais (50%), a renda bruta familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Para mais informações, acesse o site do programa: prouniportal.mec.gov.br

Bolsa Universidade

O Programa Escola da Família foi criado no dia 23 de agosto de 2003 pela Secretaria de Estado da Educação. Ele proporciona a abertura de escolas da Rede Estadual de Ensino, aos finais de semana, com o objetivo de criar uma cultura de paz, despertar potencialidades e ampliar os horizontes culturais de seus participantes.Milhares de universitários, de todo o Estado de São Paulo, dedicam hoje, seus finais de semana ao Programa Escola da Família e, em contrapartida, têm seus estudos custeados por um dos maiores programas de concessão de bolsas de estudo do País, realizado em convênio com instituições particulares de Ensino Superior – o Programa Bolsa Universidade.


Esses convênios garantem aos universitários 100% de gratuidade nos seus cursos, sendo 50% da mensalidade paga pelo Estado (limitada a um teto de R$ 310,00/mês, renovável semestralmente) e o restante financiado pela própria faculdade. Os universitários contemplados com a bolsa (através de processo seletivo realizado pela Diretoria de Ensino) contribuem com seu empenho e dedicação para o crescimento da comunidade local e, quando formados, acrescentarão ao currículo uma preciosa experiência, enriquecida por valores como a responsabilidade social e a participação comunitária.


É responsabilidade do aluno o pagamento das mensalidades para a faculdade até a efetivação da bolsa pela Diretoria de Ensino, sem direito a ressarcimento das mensalidades já pagas.
Observação: a quantidade de vagas está sujeita a liberação da Diretoria de Ensino.

Para mais informações, acesse o site do programa: escoladafamilia.fde.sp.gov.br

Convênio FIB & Empresa

O Convênio FIB & Empresa tem por objetivo a viabilização de concessão de descontos nas mensalidades escolares, aos funcionários e seus dependentes, para os Cursos de Graduação, Pós-Graduação e Extensão, bem como outros benefícios para a empresa parceira. Se você atua em alguma empresa e tem interesse nesse convênio, é só entrar em contato no Departamento de Marketing da FIB pelo 14 2109-6207 ou convenios@fibbauru.br.


Para validar o desconto, basta trazer o comprovante de atuação na empresa (Holerite, carteira de trabalho) e apresentar no departamento Financeiro da FIB.

(14) 99822-3829
(14) 2109-6200
R. José Santiago, Quadra 15, Bauru - SP, 17056-120
FIB Bauru © 2017 - Todos os direitos reservados