Facebook Pixel Fallback

Docentes do curso de Produção Audiovisual da FIB serão os gestores do primeiro APL da área no estado de SP

APL é um conjunto de empresas localizadas em um mesmo território que apresentam especialização produtiva e mantêm vínculos de articulação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais. Ele atua por meio do compartilhamento de recursos, competências, experiências e pesquisa.





Dos mais de 60 Arranjos Produtivos Locais (APL) reconhecidos em São Paulo,  neste mês de abril foi criado o primeiro da área do Audiovisual do estado paulista. Este APL foi instalado em Bauru, a partir de uma iniciativa do Plano Conjunto - Coletivo Audiovisual, com o objetivo de acelerar o desenvolvimento econômico e social na área, de forma a estimular a cooperação entre empresas do ramo e agentes do setor público e privado.

"Nos últimos anos, temos visto profissionais, diretoras e diretores de Bauru produzirem obras que circularam em festivais nacionais e internacionais, com obras que hoje compõem a programação de canais de TV", conta Ana Heloíza Pessotto, produtora audiovisual, pesquisadora e integrante do Plano Conjunto. "Com o APL de Audiovisual, esperamos ampliar o fomento ao setor, para que novos projetos sejam produzidos aqui em Bauru, empregando pessoas e fazendo girar ainda mais a indústria criativa local", complementa.

 

Arranjo Produtivo Local abre portas para fomento ao setor

APL é um conjunto de empresas localizadas em um mesmo território que apresentam especialização produtiva e mantêm vínculos de articulação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais. Governo, associações empresariais, instituições de crédito, ensino e pesquisa estão entre os agentes que podem se beneficiar de parcerias com um APL. O APL bauruense tem como gestores os professores do curso de Produção Audiovisual da FIB Rene Lopez e Liene Saddi.

"Um APL trabalha por meio do compartilhamento de recursos, competências, experiências e pesquisa - um modelo que consideramos mais interessante do que a tradicional disputa entre empresas", explica Liene Saddi, produtora cultural, professora e gestora do APL de Audiovisual de Bauru.

A produtora considera Bauru um território com vocação para o cinema e audiovisual. De acordo com Liene, "a produção de cinema independente na cidade, somada à concentração de cursos de formação na área, oferecidos pela FIB, Unesp e outras faculdades, além da presença dos estúdios da TV Unesp, TV TEM, Record, TV FIB, TV USP e Band Paulista, tornam oportuna a instalação deste APL."

O reconhecimento do APL de Audiovisual foi realizado por meio do Programa de Fomento de Arranjos Produtivos Locais Paulista do Governo do Estado de São Paulo, no  âmbito da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Decreto n° 54.654 de 2009).

 

Sobre o Plano Conjunto - Coletivo Audiovisual de Bauru

Plano Conjunto é o coletivo de produtores de audiovisual de Bauru. Desde 2019, o grupo realiza encontros quinzenais para discutir pautas relacionadas a políticas públicas de incentivo à cultura e formas de produzir cinema independente na cidade. Os encontros online farão parte da programação do Sesc Bauru a partir de maio, com participação aberta ao público e gratuita. Os professores do curso de Produção Audiovisual da FIB Rene Lopez, Liene Saddi, Bruno Jareta e Álvaro Cruz fazem parte do coletivo.

O Plano Conjunto realiza o festival Filma Bauru, que terá sua quarta edição em outubro deste ano, por meio do Programa de Ação Cultural (ProAC) do Estado de São Paulo. O grupo ainda produziu e dirigiu coletivamente o documentário Cartografias Possíveis (2020), realizado pelo Sesc Bauru, e integra a ICine - Fórum de Cinema do Interior Paulista.


→Conheça o curso de Produção Audiovisual da FIB.

 

      Liene Saddi e Rene Lopez serão os gestores do APL na área do Audiovisual.






Notícias FIB

Cursos

Ver todas
(14) 99771-0058 (GRADUAÇÃO)
(14) 99775-7636 (PÓS-GRADUAÇÃO)
(14) 99602-0940
(14) 99785-3416
R. José Santiago, Quadra 15, Bauru - SP, 17056-120
FIB Bauru © 2021 - Todos os direitos reservados